Parcerias

Cooperando com o setor social


Ao longo destes anos, a Fundação Educar DPaschoal vem cooperando com iniciativas que visam o desenvolvimento do terceiro setor, o qual é constituído por organizações sem fins lucrativos e não governamentais e têm, como objetivo, gerar serviços de caráter público. Saiba mais sobre a relação da Educar com outras instituições do setor:

A APF é uma entidade civil, criada em 1998, sem finalidade econômica, constituída para defender os interesses institucionais, integrar e representar as fundações do Estado de São Paulo em diversas áreas como a Educação, Saúde, Ciência, Tecnologia, Assistência Social, Cultura, Pesquisa, Comunicação e Meio Ambiente, dentre outras.

A entidade também colabora com outras unidades federativas. A Educar se associou à APF em 2013 com o objetivo de fortalecer o trabalho já realizado e trocar experiências com outras instituições associadas.

Lançado em 2007, sob liderança da Fundação FEAC, também com o apoio da Fundação Educar, o Compromisso Campinas pela Educação visa mobilizar a sociedade civil a fim de chamar a atenção para a causa e o tema Educação, evidenciando dados, promovendo estudos, discussões e debates acerca da qualificação da educação, especialmente na cidade de Campinas/SP.

Ao longo do ano, o CCE promove encontros mensais, divulga boletins online e matérias diárias sobre a educação. Além disso, marca presença em espaços legítimos nos quais a política pública da educação é debatida. Desde 2010, conduz iniciativas como a Semana da Educação e o Observatório da Educação, criado em 2013.
 

A Fundação FEAC é uma entidade beneficente de assistência social, da área de Assistência Social e de direito privado, com sede no município de Campinas/SP, e tem como missão a promoção humana, a assistência e o bem-estar social, com prioridade à criança e ao adolescente. A instituição com fins não lucrativos reúne entidades conveniadas que juntas representam cerca de 130 unidades de atendimento que assistem aproximadamente 70 mil pessoas em situação de vulnerabilidade ou risco social.

Fundada em 1964, a FEAC é parceira da Educar, que contribui, dentre outras ações, para o prêmio FEAC de Jornalismo.

O GIFE é uma organização sem fins lucrativos que reúne os principais investidores do país, sendo eles de origem empresarial, familiar, independente ou comunitária.

A Rede GIFE surgiu, em 1995, com o apoio da Fundação Educar, e reúne atualmente 130 associados, com o objetivo de difundir conhecimentos, trocar experiências e representar o setor perante o governo e outras redes e associações.
 

O ISA funciona dentro do CEASA Campinas e foi criado em 1994 com o apoio também da Fundação Educar DPaschoal. A ONG também surgiu para combater a fome e o desperdício garantindo o aproveitamento dos excedentes de hortifrútis arrecadados mensalmente e cerca de 100 entidades sociais e mais de 12 mil famílias.

As cerca de 400 toneladas arrecadas por mês são selecionadas, higienizadas e distribuídas gratuitamente nos bairros de maior vulnerabilidade social da cidade, em aproximadamente 80 pontos.

O Instituto Padre Haroldo, fundado em 1978, é uma instituição que tem como principal objetivo promover cuidados para a vida por meio de seus programas de educação e prevenção, acolhimento institucional e educação social e programa de recuperação para pessoas acometidas pela síndrome da dependência química, bem como a difusão deste conhecimento. Atualmente com quatro programas, o Instituto tem o apoio da Educar, que oferece bolsas de estudo para atuais colaboradores que se beneficiaram do programa de recuperação oferecido pelo Instituto, e que hoje, encontram-se em manutenção de seu projeto de vida, no qual a graduação em nível universitário está presente. 

Com atuação em todo estado, a Junior Achievement São Paulo (JASP) tem como objetivo despertar o espírito empreendedor nos jovens, ainda na escola, estimulando o seu desenvolvimento pessoal, proporcionando uma visão clara do mundo dos negócios e facilitando o acesso ao mercado de trabalho.

A Educar já realizou diversos projetos em parceria com a equipe, mobilizando jovens, crianças e voluntários em ações como “As Vantagens de Permanecer na Escola”, “Habilidades para o Sucesso” e o programa “Nosso Planeta, Nossa Casa”.

Mesa Brasil SESC

O Mesa Brasil SESC é uma rede nacional de bancos de alimentos contra a fome e o desperdício. Seu objetivo é contribuir para a promoção da cidadania e a melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação de pobreza, em uma perspectiva de inclusão social. Trata-se essencialmente de um Programa de Segurança Alimentar e Nutricional, baseado em ações educativas e de distribuição de alimentos excedentes ou fora dos padrões de comercialização, mas que ainda podem ser consumidos.

Assim, o Mesa Brasil SESC busca onde sobra e entrega onde falta. De um lado, contribui para a diminuição do desperdício, e de outro reduz a condição de insegurança alimentar de crianças, jovens, adultos e idosos. Em ambos os polos desse percurso, as estratégias de mobilização e as ações educativas incentivam a solidariedade e o desenvolvimento comunitário.

Fundado em 2006, com a contribuição da Educar, o Todos Pela Educação é um movimento da sociedade brasileira que tem como missão contribuir para que, até 2022, o país assegure a todas as crianças e jovens o direito à Educação Básica de qualidade.

O objetivo do movimento é ajudar a propiciar as condições de acesso, de alfabetização e de sucesso escolar, a ampliação de recursos investidos na Educação Básica e a melhoria da gestão desses recursos. Esse objetivo foi traduzido no documento que pode ser lido no portal do Movimento. Confira também o vídeo de apresentação do TPE de 2016 clicando aqui.

O Instituto Rubem Alves é uma associação aberta, sem fins econômicos e de interesse público, fundada pelo escritor e educador Rubem Azevedo Alves e sua família. Parceiro da Educar, têm como missão ser um marco na educação, através do desenvolvimento de programas inovadores e alternativos. Em conjunto, as organizações mantêm constantes trocas de informação e desenvolvem ações em parcerias, como a publicação do livro “Desejo de Ensinar e a Arte de Aprender”, que você pode ler clicando aqui.