Quem Somos

Propósito


A Fundação Educar DPaschoal foi criada em 1989 e é o investimento social privado da Companhia DPaschoal. Acreditamos na educação para a cidadania como estratégia de transformação social gerando valor compartilhado nas comunidades do Brasil. 

Para que a cidadania plena seja exercida é preciso garantir que as pessoas se reconheçam como protagonistas de suas vidas e de suas comunidades e desenvolvam a capacidade de interpretar o mundo através da leitura. Por isso, elegemos dois programas que oferecemos a sociedade: o Educar para Ler e o Educar para o Protagonismo.

Educar para o Protagonismo

O protagonismo é um conceito de origem grega, o qual forma o “lutador principal de um torneio”. Nas ciências humanas, o termo "protagonista" passou a ser utilizado “para os atores que configuram as ações de um movimento social”. Na Educar, acreditamos que o “torneio” é a vida e, para contribuir, atuamos, desde a nossa criação, em algumas iniciativas como a Academia Educar DPaschoal.

Academia Educar DPaschoal, primeiro projeto criado, já promoveu, desde 1989, a formação de mais de 3000 lideranças juvenis em escolas públicas, além de criar oportunidades para que o jovem descubra, em si, o potencial para torná-lo capaz de transformar sua realidade, de sua escola e de sua comunidade. O projeto, que tem duração de 9 meses, ocorre em parceria com as Diretorias de Ensino Leste e Oeste de Campinas e com a Secretaria Municipal da Educação.

O “Encontro Educação e Participação – a escola como centro de cidadania”, foi criado em 2006 com o objetivo de inspirar educadores a trabalharem em prol de uma educação pública com qualidade, em um espaço de aprendizagem, troca e desenvolvimento para os parceiros da Academia Educar. O evento conta com a participação de pessoas influentes na educação, como o Profº Dr. Mario Sergio Cortella ., Profº José Pacheco, Profº Antonio Carlos Gomes da Costa, Eduardo Lyra, , Dr. Richard Pae Kim, o psicólogo Dr. Ivan Capelatto, entre outros.

Já o Trote da Cidadania nasceu em 1999, com o propósito de disseminar a cultura de trotes cidadãos, focando em canalizar as energias de calouros e veteranos nas universidades de todo o Brasil para ações que substitui a humilhação por mobilização e a violência por consciência. Em toda a sua existência, a Educar focou suas ações para gerar conhecimento sobre formas de criar projetos de trotes solidários e reconhecer os praticados. Já são mais de 17 mil universitários mobilizados e quase mil projetos recebidos.


O SER Voluntário foi lançado oficialmente em 2012 para os colaboradores do Cia DPaschoal e familiares e tem como objetivo criar oportunidades e reconhecer boas práticas de cidadania realizadas em todos os locais de atuação da Cia. O SER Voluntário é baseado nos valores do Grupo DPaschoal: sustentabilidade, educação e responsabilidade (SER).

 

Além disso tudo, nos aventuramos em um projeto piloto rodando como inovação social, que você confere a seguir:

 



Matemágica nasceu da necessidade de incentivar os alunos a aprenderem matemática. Para isso, o projeto utiliza uma plataforma híbrida chamada QMágico, que permite ao aluno ter parte das aulas em sala e o restante no laboratório de informática. Com isso, é possível identificar em quais pontos os alunos estão obtendo melhores resultados e onde estão as maiores dificuldades, permitindo ao educador definir planos de estudos personalizados. Na primeira experiência feita, na EE Prof. José Vilagelin Neto de Campinas/SP, os 134 alunos participantes tiveram um rendimento mais de 20% melhor de uma prova diagnóstica para outra, além de despertar o gosto pela matéria em alunos que antes não queriam nem ouvir falar dos números.

 

Educar para Ler

Focado em estimular a leitura, o programa Educar para Ler tem dois projetos que atuam com foco nos leitores e mediadores de leitura.

O “Projeto Leia Comigo!”, que utiliza recursos próprios e de outras empresas através da Lei Rouanet, para produzir e distribuir gratuitamente livros educativos para crianças e adolescentes. Desde o ano 2000, já foram doados mais de 38 milhões de exemplares, em todo o Brasil. (Conheça a nossa biblioteca virtual, clicando aqui)



O “Projeto Além do Encantamento“, nasceu em 2005 para promover a contação de história como ferramenta de transmissão de conhecimentos e valores e o faz através de oficinas e vídeos de contações de histórias. Desde que começou, o projeto já produziu mais de 20 vídeos de contação e que ensinavam a fazer os adereços, além de já ter oferecido mais de 50 oficinas e capacitou mais de 1200 pessoas. (Clique aqui e você pode ver esses e outros vídeos).